07/02/2018 às 18h17min - Atualizada em 07/02/2018 às 18h17min

Aprovados no último concurso do TJPI buscam apoio do SINDSJUS para agilização do resultado da lotação paradigma

SINDSJUS/PI
                Ultimamente,  vários aprovados no último concurso público realizado pelo TJPI para os cargos de Analista Judicial, Escrivão Judicial e Psicólogos têm procurado o SINDSJUS na busca de informações acerca do andamento do processo de nomeações dos candidatos aprovados no certame.
                Neste contexto, no dia de 30 janeiro do fluente ano uma comissão formada por  Anaian Moura, Loran, Karoline e Saulo, todos aprovados para o cargo de Analista e Escrivão Judicial,  reuniu-se com o  presidente e demais diretores do SINDSJUS,   oportunidade em que os mesmos,  após discorrerem  acerca de uma audiência que tiveram como o Excelentíssimo Senhor Des. Erivan Lopes, presidente do TJPI, na qual Sua Excelência presidente afirmou que novas nomeações dependeriam do relatório da lotação paradigma  que está a cargo Corregedoria de Justiça,   solicitaram  do SINDSJUS  apoio no sentido de tentar junto à  Corregedoria Geral de Justiça a finalização dos trabalhos referente à aludida lotação paradigma.
                O Presidente do SINDSJUS, Carlos Eugênio de Sousa, após ouvir atentamente a comissão, garantiu que o SINDSJUS iria procurar a Corregedoria e envidaria todos os esforços necessários com vistas a atender o pleito dos nobre colegas aprovados,  e os manteria de tudo informados.
                E, assim,  está sendo feito. Daquela data em diante,  o presidente e os demais membros da diretoria do SINDSJUS têm buscado reiteradamente a Corregedoria, mais  especificamente a Doutora Melissa de Vasconcelos Lima Pessoa, Juíza auxiliar da Corregedoria, a qual está à frente dos trabalhos da lotação paradigma, com o fito de obter as informações e o resultado necessários.
                Por último, na data de hoje, 7, representantes do SINDSJUS reuniram-se novamente com a Juíza Auxiliar. Na referida reunião, a Doutora Magistrada aduziu que o mencionado estudo, que estava prevista para ser finalizado nesta data, não foi encerrado porque no final da semana passada houve uma reunião virtual com o CNJ, quando determinou-se a realização de uma capacitação para magistrados e servidores na semana em curso, capacitação essa relacionada ao novo sistema de cadastro de mandados de prisão do CNJ, a qual está a cargo da Corregedoria Geral de Justiça. Assim, segundo a Dra. Melissa Pessoa, o foco de trabalho foi revertido para os atos preparatórios da referida capacitação.
            Ao final da reunião, a Dra. Melissa Pessoa asseverou que “os trabalhos referente ao estudo da lotação paradigma já estão sendo retomados e
que até a sexta-feira após o carnaval o mesmo será finalizado”.   

Notícias Relacionadas »
Comentários »