08/08/2018 às 13h34min - Atualizada em 08/08/2018 às 13h34min

Servidores que não receberam adicional de Ensino Superior devem participar de recadastramento

Ascom
 
O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Piauí – SINDSJUS/PI, na semana passada, em sua sede, reuniu-se com o Dr. Juarez Chaves da Silva Júnior, advogado que patrocina os interesses dos filiados do SINDSJUS/PI nos autos do Mandado de Segurança nº 03.000453-5, o qual encontra-se em fase de execução, estando pendente o julgamento dos Embargos à Execução, Processo nº 2011.0001.003890-6, oposto pelo Estado do Piauí e possui como objeto a implantação do Adicional de Nível Superior e o pagamento do valor retroativo a sua efetiva implantação.
 
Representando o SINDSJUS/PI estavam Carlos Eugênio de Sousa, Presidente, Manoel Alves de Araújo Filho, Diretor de Finanças e o Dr. Diogo Josennis do Nascimento Vieira, Assessor Jurídico do SINDSJUS/PI.
 
Na referida reunião, o Dr. Juarez Júnior relatou sobre o andamento do mencionado processo, destacando as últimas movimentações processuais, bem como a sua estratégia e suas próximas medidas a serem adotadas. Além do mais, o mencionado causídico destacou que na fase em que o processo se encontra é ideal que haja uma atualização dos servidores beneficiários do processo supra.
 
“Estamos tendo a oportunidade de conferir a lista de servidores que têm direito ao benefício antes do processo ser julgado. É preciso que todos os servidores que estavam na ativa e que concluíram o Ensino Superior no período citado apresentem a documentação para que possam assegurar o que é seu de direito”, afirmou  Juarez Chaves Júnior. Ele explica que a ação representa hoje cerca de 250 servidores do Judiciário Estadual, mas que o número de beneficiários pode ser maior, daí a importância do comparecimento de todos ao recadastramento.
 
Ao final da reunião supramencionada, o Dr. Juarez Júnior afirmou que iria providenciar uma nota convocando os servidores do Poder Judiciário do Estado do Piauí que concluíram o Ensino Superior entre maio de 2002 e janeiro de 2006 para atualização dos beneficiários do processo supra
 
A data, local e horário de atendimento para o recadastramento serão divulgados em breve pelo SINDSJUS. Mais informações pelo telefone (86) 3222-0131.
 
 
 

Notícias Relacionadas »
Comentários »