23/01/2021 às 10h48min - Atualizada em 23/01/2021 às 10h48min

“Estamos de portas abertas para trabalhar juntos pelo primeiro grau de jurisdição”, afirma corregedor durante reunião com Sindsjus-PI e Anajus-PI

Vanessa Mendença
“Estamos de portas abertas para trabalhar juntos pelo primeiro grau de jurisdição”, afirma corregedor durante reunião com Sindsjus-PI e Anajus-PI
Autor(a): Vanessa Mendonça
sexta-feira, 15 de janeiro de 2021
Print Friendly, PDF & Email

Print Friendly, PDF & Email


 

 
“Estamos de portas abertas para trabalhar juntos pelo primeiro grau de jurisdição”. A afirmação foi feita pelo novo corregedor-geral da Justiça do Estado do Piauí, desembargador Fernando Lopes, durante a primeira sua primeira reunião com representantes do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Piauí (Sindsjus-PI) e da Associação dos Servidores das Carreiras de Analistas e Técnicos do Poder Judiciário do Estado do Piauí (Anajus-PI). Representaram as entidades na reunião virtual os seus presidentes, respectivamente, Carlos Eugênio Sousa e Ariovaldo Lago.

Durante a reunião, foi reafirmada a intenção de que seja mantido o diálogo entre a Corregedoria Geral da Justiça (CGJ) e os servidores, por meio de seus representantes legais, visando à melhoria da prestação jurisdicional do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI), especialmente no primeiro grau.

“Foi um primeiro momento para apresentação, para manifestarmos nossa intenção de atuarmos juntos, em harmonia nesses dois anos de gestão. Não será uma Corregedoria punitiva; buscaremos orientar, apoiar”, declarou o desembargador Fernando Lopes, ressaltando avanços do TJ-PI nos últimos anos em relação a estrutura física, de informática e humana, mas destacando ainda haver muito a melhorar.

Agenda

Nos próximos dias, o corregedor realizará também encontros semelhantes com representantes da Associação dos Magistrados Piauienses (Amapi) e do Sindicato dos Oficiais de Justiça Avaliadores do Poder Judiciário do Estado do Piauí (Sindiosjus-PI).

 

Notícias Relacionadas »
Comentários »