06/12/2019 às 09h23min - Atualizada em 06/12/2019 às 09h23min

Sindsjus/PI convoca servidores do Judiciário para manifestação contra o regime de urgência da reforma da Previdência nesta segunda, 9, na ALEPI

SINDSJUS - PI
O governo do Estado do Piauí, nessa terça-feira (3) enviou, na surdina, um Projeto de Emenda Constitucional à Alepi, o qual trata sobre o Regime Próprio de Previdência Social no Piauí. (PEC nº 3/2019).
 
Apesar da complexidade da matéria e de afetar todos os funcionários públicos de todos os Poderes do Estado do Piauí, a quase totalidade dos parlamentares piauienses, atendendo proposição do líder do governo, deputado Francisco Lima, aprovaram regime de urgência para a tramitação da PEC o que poderá resultar na votação e aprovação da reforma a qualquer momento sem que os servidores e a sociedade piauiense possam ao menos discutir a matéria.
 
Os representantes de classes dos servidores de todos os Poderes, desde o momento em que a PEC chegou ao Poder Legislativo e este aprovou o regime de urgência, estão mobilizados na luta para retirar o regime de urgência da reforma e oportunizar a participação dos servidores e da sociedade nas discussões.
 
No entanto, apesar da luta dos representantes de classe e do apoio que estão tendo de alguns parlamentares da bancada de oposição, o governo, que tem ampla maioria na Assembleia, insiste em aprovar a reforma “a toque de caixa”, se possível já na próxima semana, sem ao menos ouvir os servidores e a sociedade piauiense.
 
Por tais motivos, em reunião ocorrida nessa quinta-feira, 5, na Assembleia Legislativa, os representantes de classe das mais diversas categorias de servidores decidiram convocar todos os servidores públicos piauienses para uma grande manifestação  na próxima segunda-feira, 9, na Assembleia Legislativa, a partir das 9h, para pressionar os deputados estaduais a retirar o regime de urgência da Reforma da Previdência, sem prejuízo de uma greve geral, caso a reforma seja aprovada sem ouvir os servidores.
 
Assim sendo, o sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Piauí – Sindsjus-PI, ante a importância do tema em comento para a categoria, CONVOCA os servidores do Judiciário piauiense para se irmanar com os demais servidores públicos piauienses na luta contra o regime de urgência na Reforma da Previdência Estadual e pelo direito constitucional de participarem das discussões sobre assuntos de seus interesses profissionais ou previdenciários, e desta forma, participarem, efetivamente, da manifestação pública que será realizada na ALEPI, na segunda-feira, 9 de dezembro de 2019, a partir das 9h.

Notícias Relacionadas »
Comentários »