01/05/2019 às 13h03min - Atualizada em 01/05/2019 às 13h03min

Feliz Dia do Trabalhador!

Um dia que deveria ser apenas para descansar e comemorar, agora deve ser também para refletir

SINDSJUS/PI

Hoje, dia 1º de maio, é comemorado o Dia Internacional do Trabalho, ou como habitualmente chamado, o Dia do Trabalhador.

Este importante dia deveria ser apenas de descanso e comemoração para os trabalhadores. No entanto, ao menos no Brasil, este dia também deve servir para o trabalhador trabalhar a mente e fazer uma profunda reflexão acerca da enorme quantidade de atos nocivos perpetrados nos últimos anos contra os trabalhadores, cujos atos suprimiram, continuam e, pelo visto, continuarão suprimindo ainda mais direitos dos trabalhadores conseguidos ao longo de muitos e muitos  anos de luta, suor e sangue de dezenas de centenas de trabalhadores brasileiros, senão vejamos:

Reforma Trabalhista: Criada nitidamente no sentido de beneficiar a classe empregadora em detrimento da classe trabalhadora. Restringiu claramente o direito à propositura de ação. Em decorrência da flexibilização, milhares de trabalhadores são obrigado a exercerem atividades informais e até mesmo irregulares;

Salário mínimo extremamente defasado, com os reajustes que nunca foram e agora são  menos ainda capazes de  suprir as necessidades básicas do trabalhador previstas na Constituição Federal, tais mo: moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social;

Desemprego.De acordo com dados apresentados pelo IBGE, em março de 2019 a taxa de desemprego subiu para 12,7%, atingindo cerca de 13,4 milhões de brasileiros. Somente no último trimestre, foram contabilizados 28,3 milhões de desempregados no país;

Jornadas de trabalho. Estão cada vez mais exaustivas e estressantes, o que vêm ocasionando diversas doenças ao trabalhador;

Saúde e segurança do trabalhador, os dados são alarmantes. Segundo o Observatório Digital de Segurança e Saúde do Trabalho, a cada 3 horae 40 minutos uma pessoa morre por acidente de trabalho no Brasil, sendo que entre 2012 e 2018, foram contabilizados 17.200 falecimentos em razão de algum incidente ou doença relacionados à atividade laboral;
 
 Perversa e desumana proposta da Reforma da Previdência Social. A PEC nº 6/2019, de 20 de fevereiro de 2019, de autoria do Governo Federal, que se encontra tramitando na Câmara dos Deputados, a pretexto de propor a  reforma da  Previdência Social, na verdade pretende gerar uma economia de 1 trilhão de reais à custa da subtração de direitos dos trabalhadores , sabe-se lá para que e para quem, e é extremamente desumana e perversa para todos os trabalhadores brasileiros, sobretudo para os mais pobres e para as mulheres;

Tentativa de afastamento das entidades sindicais dos trabalhadores.  Como se não bastasse todos esses problemas, o governo ainda se empenha-se em afastar as entidades sindicais dos trabalhadores, como sói acontecer com a Medida Provisória nº 873, de 1º de março de 2019, certamente como forma de inibir e evitar os trabalhadores de lutarem por seus direitos.

Por tudo isso, o Sindsjus-PI reforça a necessidade dos trabalhadores continuarem unidos e  engajados na luta – ordeira,  pacífica e republicana, não apenas pela manutenção de seus direitos, mas também pela obtenção de  novas conquistas.

Por derradeiro, o Sindsjus-PI roga a  Deus que abençoe a todos aqueles que dignificam a vida através do seu trabalho, mormente neste momento difícil pelo qual passa os trabalhadores brasileiros, e deseja a todos os trabalhadores, especialmente os do Judiciário piauiense, um Feliz Dia do Trabalhador!
Notícias Relacionadas »
Comentários »