18/04/2018 às 14h55min - Atualizada em 18/04/2018 às 14h55min

Servidores do Judiciário piauiense decidem parar suas atividades por 24 horas

SINDSJUS - PI
 
            A categoria do conjunto dos servidores do Judiciário piauiense e a categoria do Oficiais de Justiça e Avaliadores do Piauí, reunidos hoje, 18 de abril de 2018, no auditório do SINDSJUS, numa nas maiores assembleias já realizadas pelos sindicatos que os representam, SINDSJUS/PI e SINDOJUS/PI, respectivamente, decidiram, à unanimidade, paralisar suas atividades por 24 horas, a partir das 00:00 hora do dia 23 de abril de 2018.
            A deliberação das categorias de  deflagrar a paralisação de suas atividades ocorreu em razão da manifesta intenção  do Presidente do TJPI de revogar a Lei que estabelece a jornada de trabalho dos servidores do Judiciário piauiense (Lei nº 6.543, de 03 de junho de 2014), com apresentação, ao Pleno no TJ-PI, na 21ª Sessão Administrativa Extraordinária marcada para o dia 23 de abril de 2018, do Projeto de Resolução – Anteprojeto de Lei propondo a revogação da Lei nº 6.543, de 03 de junho de 2014, que estabelece a carga horária de trabalho dos servidores do Poder Judiciário do Estado do Piauí.
            O servidores, também à unanimidade, decidiram acompanhar, de forma presencial, a aludida sessão, e adotar outras medidas, inclusive deflagração de greve por tempo indeterminado, caso o supracitado Projeto de Resolução seja aprovado pelo Pleno do TJPI.
            A Presidência do TJPI já foi oficialmente informada da deliberação da categoria através do ofício conjunto nº 03/2018 – Protocolo nº 3648/2018 – Processo nº 18.0.000016931-1.
 

Notícias Relacionadas »
Comentários »